, Fórum PAS - Prática em Atenção à Saúde 2013

Tamanho da fonte: 
Análise do conhecimento sobre câncer de colo de útero e exame Papanicolaou na Unidade Básica de Saúde Carlos Amorim em Sorocaba.
Luiz Aglyberto Cury, Caio Augusto Perete, Camila Amaral Silva, João Francisco Moreira Redondo Vasques, Laura Damada Garcia, Maria Fernanda Moro Barbieri, Marilia Isabela Stopa Silveira

Última alteração: 2016-10-14

Resumo


Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer, o câncer de colo de útero é o segundo tumor mais frequente na população feminina, e a quarta causa de morte de mulheres por câncer no Brasil. Esse tipo de neoplasia do epitélio uterino está fortemente relacionada com o papilomavírus humano (HPV) e tem evolução lenta, o que facilita a detecção precoce pelo exame de papanicolaou. Os objetivos desse trabalho foi analisar os conhecimentos, atitudes e o comportamento das mulheres em relação ao Papanicolaou e sua relação com os fatores sócio demográficos. Elaborar uma intervenção, baseada nos dados coletados, visando aumentar a aderência dessas mulheres ao exame. Foi aplicado um questionário em 120 mulheres selecionadas aleatoriamente, residentes no bairro Vitória Régia, com idade variando de 14 a 70 anos, que frequentam a Unidade Básica de Saúde Carlos Amorim na cidade de Sorocaba, Estado de São Paulo. Os resultados mostraram que a aderência ao exame de Papanicolaou é alta, embora a maioria das mulheres não saiba qual a sua finalidade. 70% das mulheres sexualmente ativas realizam o exame. Porém, apenas 22% das mulheres entrevistadas responderam corretamente a questão sobre a importância de se fazer o exame. Portanto, esses resultados justificam a intervenção realizada. O banner criado visa aumentar a adesão das mulheres ao exame Papanicolaou e suprir a falta de informação sobre o câncer de colo uterino e o vírus do HPV.

Palavras-chave


câncer de colo de útero; papiloma vírus humano; Papanicolaou