, Fórum PAS - Prática em Atenção à Saúde 2013

Tamanho da fonte: 
Projeto de prevenção contra álcool e outras drogas do 1° ano de PAS (Programa de Atenção à Saúde) da Faculdade de Medicina de Sorocaba
Rosana Maria Paiva dos Anjos, Gabriel Sardini Corvello, Gabrielle Aredes Leal, Gabriela Sera Perroti, Gisela Morandi, Hadassa Hossri, Henrique Mandeli Bueno, Hideki Uebo Uehara, Inglid Souza Santos, Ingrid Mosquim Simões

Última alteração: 2016-11-08

Resumo


O projeto surgiu da necessidade de se falar abertamente sobre álcool e drogas com crianças a partir de 11 anos, assim como, obter informações sobre seus conhecimentos prévios. A intervenção se pauta na prevenção, pois ao longo do tempo passado na UBS, e no convívio com as famílias, perceberam-se diversos pontos de tráfico de drogas. Somado a isso, foi considerado o período da adolescência, uma fase marcada por mudanças e curiosidades que levam a buscas novas experiências. Desse modo, acredita-se ser apropriado desenvolver o projeto com crianças da própria comunidade e no início da adolescência.Segundo análises de pesquisas acadêmicas, conclui-se que seria quase inevitável o contato do jovem com bebidas alcoólicas ou drogas. Os dados revelam que muitos dos jovens já fizeram uso de alguma dessas substancias. Sendo assim, a intervenção objetiva não evitar o contato, mas orientar o uso de forma consciente. Com o uso consciente é possível evitar uma série de situações de risco, como: acidentes automobilísticos que representam a principal causa de morte entre jovens de 16 a 20 anos; envolvimento em atividades sexuais sem prevenção, com maior exposição a doenças sexualmente transmissíveis e gravidez indesejada; prejuízos acadêmicos, como déficit de memoria e atenção gradativa. Em suma, o projeto visa à conscientização e prevenção do uso de álcool e drogas no início da adolescência, visto que é a fase de vida de maiores mudanças e formação de pensamento.