, Fórum PAS - Prática em Atenção à Saúde 2015

Tamanho da fonte: 
Asma na USF Carlos Amorim: capacitação das agentes comunitárias quanto a fatores desencadeantes de crise asmática
Luiz Agliberto Cury, Luís Maurício Batalin Júnior, Luis Fernando Aguiar de Paulo Filho, Juliana Silva Almeida, Letícia Saka Holanda, Larissa Barrios Medeiros, Letícia Francini Duarte de Oliveira, Julia Arce de Carvalho, Lucas Macêdo de Almeida Lima, Lucas Yuri Cetrangolo

Última alteração: 2016-07-08

Resumo


O presente trabalho descreve uma intervenção na USF do bairro Carlos Amorim. A atividade abordou a asma: doença respiratória crônica que resulta da interação de fatores genéticos e ambientais, ocasionando os seguintes sinais e sintomas: tosse, sibilância, dispneia; os quais decorrem do broncoespasmo. Essa abordagem teve como foco 28 agentes comunitárias, as quais receberam capacitação para que a multiplicação de informação acerca da doença seja mais eficaz no bairro. Além das agentes, mães e moradores do bairro também receberam informações sobre a asma. Além da intervenção ativa, o projeto analisou o perfil (sexo, idade, área de abrangência, tipo de asma e aderência ao tratamento) das crianças atendidas no PAC da USF, mostrando que, atualmente, 302 crianças são atendidas. Sendo assim, é possível concluir que a intervenção conseguiu ampliar o conhecimento da população acerca da asma de maneira direta (abordando moradores) e indireta (sanando algumas dúvidas das agentes comunitárias), o que ajuda no controle das crises, uma vez que simples ações e mudanças ambientais são capazes de evitar crises.

Palavras-chave


asma; USF; agente comunitária